FecharX

Mostra Cinema e Ópera no Cine Humberto Mauro

Local não informado

Mostra Cinema e Ópera no Cine Humberto Mauro

Evento encerrado
  • Gratuito

Data

03/11 até 22/11

Seg, Ter, Qua, Qui, Sex, Sab, Dom | 00:00 - 23:59

10/11 até 10/11

Ter | 19:30

13/11 até 13/11

Sex | 19:30

16/11 até 16/11

Seg | 19:30

19/11 até 19/11

Qui | 19:30


Créditos da imagem: Ludwig/ Reprodução

Mostrar a relação da ópera com o cinema e outras expressões artísticas, retratando temas referentes ao universo feminino, aos preconceitos sociais e à busca ambiciosa pelo poder. Assim foi pensada a mostra Cinema E Ópera: Diálogos, que integra a temporada de ópera on-line da Fundação Clóvis Salgado. A programação se iniciou no último dia 3 (terça-feira), e se estenderá até o próximo dia 22, de forma gratuita, no cinehumbertomauroMais, uma plataforma exclusiva criada para abrigar as ações virtuais do Cine Humberto Mauro.

A exibição reúne 16 obras que serão acompanhadas de 4 mesas-redondas do História Permanente do Cinema Especial, com transmissões ao vivo. Os filmes ficarão disponíveis durante toda a mostra, exceto quatro películas que serão exibidas em um período específico: Ludwig (13/11 a 19/11), Variações de Casanova (16/11 a 22/11), Amélia (5/11 a 11/11) e Women Without Men (07/11 a 13/11).

A maioria dos trabalhos são óperas encenadas e gravadas em teatros. A agenda é composta por clássicos, como Aida e Macbeth, de Giuseppe Verdi; Turandot e Tosca, de Giacomo Puccini; Don Giovanni, de Wolfgang Amadeus Mozar; Tristão e Isolda, e Lohengrin, ambos de Richard Wagner.

O espectador também poderá assistir O escravo - IV Ato e O guarani - III Ato, Invocação dos Aimorés, dois títulos raros do cineasta Humberto Mauro sobre a obra do compositor Carlos Gomes. Ambos os filmes foram realizados pelo cineasta na década de 1940, período brasileiro marcado pela campanha de nacionalização promovida durante o Estado Novo, de Getúlio Vargas.

A curadoria da mostra ficou a cargo do jornalista e crítico musical João Luiz Sampaio, editor executivo da Revista Concerto, colaborador do jornal O Estado de S. Paulo e organizador da coletânea Ópera à Brasileira, obra que reúne artigos de especialistas sobre a presença do gênero em território nacional, suas transformações, funções e diferenciais.


Confira a programação das mesas-redondas

Ópera e cinema: história e novos horizontes

A mesa se propõe a recuperar os grandes diretores que levaram óperas ao cinema. O olhar histórico se mistura a questões atuais, colocadas pelos filmes selecionados para a mostra: a transmissão ao vivo de produções e a nova estética que ela sugere.

Convidados: Irineu Franco Perpetuo, crítico de ópera e Paulo Szot, barítono

Data e horário: 10/11, às 19h30

 

Dirigindo Carlos Gomes

A mesa discutirá o modo como se recria as óperas do compositor Carlos Gomes no palco, a partir da presença na mostra da nova produção da ópera Lo Schiavo, dirigida pelo italiano David Raimondi Garattini.

Convidados: Davide Garattini Raimondi, diretor teatral e Caetano Vilela, diretor teatral

Data e horário: 13/11, às 19h30

 

Ópera e trilhas sonoras

A ópera e o modo como propõe uma dramaturgia musical, ou seja, a presença da música como narradora de uma história, serviu de inspiração para as trilhas sonoras de filmes desde o nascimento do cinema – com compositores, como Puccini, criador da Tosca, ou Wagner, autor de Lohengrin e Tristão e Isolda, como influências marcantes.

Convidados: Silvio Viegas, maestro e Leonardo Martinelli, compositor

Data e horário: 16/11, às 19h30

 

A ópera e o “outro”

A proposta da mesa é discutir o modo como a ópera retratou o “outro” ao longo de sua história e a discussão crescente, nos últimos anos, a respeito da necessidade de se evidenciar em produções o preconceito de época na criação de importantes obras, presente em filmes como Aida, Women without men e Alma.

Convidadas: Edna D’Oliveira, soprano e Julianna Santos, diretora

Data e horário: 19/11, às 19h30

Tags:
  • sou bh
  • belo horizonte
  • Mostra Cinema e Ópera
  • exposição
  • mesas redondas
  • cine humberto mauro
Reportar erro
Encontrou algum erro? Informe para a gente.