FecharX

Exposição “Amilcar de Castro - Matéria e luz”

Centro Cultural Minas Tênis Clube

Exposição “Amilcar de Castro - Matéria e luz”

  • Gratuito

Data

12/11 até 24/01/21

Ter, Qua, Qui, Sex, Sab, Dom | 13:00


Créditos da imagem: Orlando Bento

Para comemorar o centenário de nascimento do mineiro Amilcar de Castro, o Minas Tênis Clube, com patrocínio do Instituto Unimed-BH, realiza uma exposição de cerca de 50 obras do artista, entre esculturas, eucatex, papel e telas. Sob a curadoria de Rodrigo de Castro, filho de Amilcar, a exposição “Amilcar de Castro - Matéria e Luz” fica disponível na Galeria do Centro Cultural Minas Tênis Clube (CCMTC), entre os dias 12 de novembro de 2020 a 24 de janeiro de 2021. O espaço funciona de terça-feira a domingo e feriados, das 13h às 19h. A entrada é gratuita e, por causa da pandemia de Covid-19, a capacidade de visitantes é limitada a 30 pessoas.

Dobrar, cortar, criar sobre uma chapa de aço. Tornar leve e iluminado um material pesado. Transformar o metal em beleza. Assim foi a carreira do escultor, pintor e designer Amilcar de Castro (1920-2002), mineiro de Paraisópolis, considerado por críticos e historiadores culturais como um dos nomes mais importantes da arte contemporânea brasileira. A ideia da exposição, segundo Rodrigo de Castro, não é fazer uma retrospectiva da carreira de Amilcar. “Selecionamos as obras mais importantes, aquelas que traduzem, da melhor forma, o trabalho de Amilcar. O fio condutor da mostra é a sensibilidade criativa de Amilcar, a partir de um diálogo permanente entre matéria e luz”, diz o curador.

A obra de Amilcar de Castro é bem conhecida dos belo-horizontinos, já que muitas de suas esculturas estão espalhadas em pontos importantes da capital, inclusive no passeio e na fachada do CCMTC, na rua da Bahia. No local, foram instalados, em agosto, também como parte das comemorações pelo centenário do artista, a imagem de uma pintura inédita, com 140 m², e uma escultura em aço (sem título), criada por ele nos anos 1990, medindo tem 2,30m x 1,87m.

O diretor de Cultura do Minas Tênis Clube, André Rubião, ressalta a importância de se abrigar a mostra. “Reconhecido internacionalmente, Amilcar de Castro foi responsável pela formação de toda uma geração de artistas por meio de uma metodologia própria cunhada no Núcleo Experimental da Escola Guignard. É um prazer e uma ação importantíssima do CCMTC mostrar para o público uma inédita reunião de obras do artista”, afirma.

Além da exposição, o Minas Tênis Clube também produziu o minidocumentário “Amilcar de Castro 100 anos”, que está disponível no canal do Youtube. No vídeo, seu filho e também plástico artista Rodrigo de Castro narra a trajetória do pai e sua importância para a arte nacional. “Hoje, 100 anos, daqui a pouco 500 e quanto mais o tempo passa, maior é a grandeza que se desvela de sua obra”, afirma Rodrigo. 

Tags:
  • Amilcar de Castro - Matéria e luz
  • sou bh
  • exposição
  • centenário
  • arte
Reportar erro
Encontrou algum erro? Informe para a gente.