Circuito Cultural Praça da Liberdade

A Praça da Liberdade oferece várias opções culturais em Belo Horizonte

Circuito Cultural da Praça da Liberdade Foto: Isabel Baldoni

Os antigos edifícios das secretarias do Governo de Minas transformaram-se em museus e espaços que compõem um Circuito Cultural
Praça da Liberdade. Hoje é o maior complexo cultural do Brasil com 12 equipamentos abertos - serão 17, em breve. Além disso, o visitante também pode conferir outros três espaços próximos: o Centro Cultural Minas Tênis Clube, a Casa Una de Cultura e o Cinema Belas Artes.

Além de representar grande valor simbólico e arquitetônico da cidade, a região concentra, em poucos quarteirões, locais que expõem grande parte da diversidade da cultura mineira e da arte produzida e reconhecida mundialmente.

Programe-se!

Casa Fiat de Cultura Foto: Studio Cerri

1. Casa Fiat de Cultura (1 hora)

Criada em 2006, a Casa Fiat de Cultura está localizada no antigo Palácio dos Despachos. Com arquitetura modernista, andares livres e estrutura autônoma, a edificação foi inaugurada em 1967 para abrigar o serviço administrativo do Governo do Estado. A fachada, protegida da insolação por brise-soleil, é tombada pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais.

Uma completa revitalização e restauro do prédio foi feita com a implantação da mais moderna tecnologia museológica dentro de padrões internacionais. Considerada um dos mais importantes espaços para discussão e exposição das artes no Brasil, a Casa Fiat de Cultura destaca-se pelo alto valor histórico, artístico e educativo de sua programação.


Centro Cultural Banco do Brasil Foto: Anna Ftg

2. Centro Cultural Banco do Brasil (2 horas)

Encontra-se instalado no prédio amarelo da Praça da Liberdade, ao lado do Edifício Niemeyer. O prédio de seis andares é tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais. Seu projeto arquitetônico foi concebido por Luiz Signorelli, fundador da Escola de Arquitetura de Minas Gerais.

De estilo eclético, com influências neoclássicas e art déco, o prédio foi inaugurado em 1930 para sediar a Secretaria de Segurança e Assistência Pública. O visitante que passa pelo CCBB de BH não pode deixar de notar a escada no hall de entrada do edifício. Feita em granito, ela ganha destaque com seu corpo em metal e vitrais ao fundo. Uma visita ao pátio também é indispensável, de onde podem ser vistas todas as janelas internas do prédio e pode se avistar o vitral, pelas costas.


Memorial Minas Gerais Vale Foto: Divulgação

3. Memorial Minas Gerais Vale (1 hora)

O antigo prédio da Secretaria da Fazenda foi restaurado e adaptado para mostrar ao público a história de Minas Gerais. O Memorial Minas Gerais Vale traz a alma e as tradições do Estado, contadas de forma interativa e contemporânea.

Com recursos virtuais, o Memorial reúne, em um mesmo espaço, parte da riqueza cultural do Estado, desde o século XVIII até o cenário contemporâneo, incluindo uma perspectiva futurista. Ambientes que misturam o real e o virtual reconstroem o universo de escritores mineiros, o mundo das fazendas, das tribos indígenas e quilombos, do barroco, das festas populares, do artesanato, da política, e da arqueologia do solo mineiro.


Palácio da Liberdade Foto: Lucia Sebe

4. Palácio da Liberdade (1 hora)

Sede histórica do Governo do Estado de Minas Gerais, o Palácio da Liberdade é um dos principais cartões postais da capital. Uma das obras principais do conjunto arquitetônico da Praça da Liberdade, o edifício foi palco de decisões políticas e sociais que marcaram a história do povo mineiro e brasileiro.

Inaugurado em 1897, seu objetivo era servir como sede administrativa do governo e residência oficial dos governadores. A arquitetura do Palácio da Liberdade reflete a forte influência europeia na época da inauguração de Belo Horizonte, podendo ser percebida no estilo eclético, com predominância do neoclássico. Quanto à decoração, os estilos variam desde o Luis XV, ao mourisco e ao art nouveau.

Programe-se!


Programe-se

Quando ir

As atrações deste roteiro estão abertas o ano todo, mas ficam particularmente belas com a decoração natalina em dezembro.


Restaurantes imperdíveis
  • 68 Pizzeria
  • Buona Tavola
  • Dona Lucinha
  • Mosteiro
Atrações imperdíveis
  • Arquivo Público Mineiro
  • Espaço do Conhecimento UFMG
  • MM Gerdau - Museu das Minas e do Metal
  • Museu de Mineralogia
  • Museu Mineiro
  • Palácio da Liberdade
  • Praça da Liberdade
  • Rainha da Sucata

Mapa