SouBH Notícias

Primeiro Museu do Sexo do Brasil é inaugurado em BH

Projeto busca criar um ponto de convergência em torno da sexualidade

Redação Sou BH - 05/08/16 as 16:56 - Atualizado em 05/08/16 as 17:43

Divulgação do Museu do Sexo
Museu levará o nome da lendária Hilda Furacão Foto: João Castilho / Divulgação

Foi-se o tempo em que discutir sexo era um tabu na sociedade. Nos últimos anos, o assunto ganhou mais espaço para ser discutido e abordado de diferentes maneiras, inclusive nas artes. Para ampliar esse movimento, será inaugurado neste sábado, em Belo Horizonte, o Museu do Sexo Hilda Furacão.

O projeto, que conta com recursos da Lei Municipal de Incentivo à Cultura, busca criar um ponto de convergência e difusão de ações em torno da sexualidade. As abordagens serão feitas por meio de viagens psíquicas, sociais, humanas e espirituais, sempre valorizando o patrimônio cultural e artístico.

O museu não terá um espaço fixo e pretende explorar diversos espaços do Centro de BH, como a zona boêmia próxima à Rodoviária. A ideia é integrar locais da cidade que são culturalmente ligados à sexualidade.

A programação do fim de semana de inauguração terá três atividades. No sábado, às 15h, será aberta a exposição no Shopping UAI “Atentado ao Pudor ou Top Less”, com curadoria de Maria Eugenia Cordero e Santiago Rueda. Mais tarde, às 19h, o Centro de Referência da Moda de BH recebe a exposição “Gozemos”. No domingo, às 10h, acontece o Toplessaço, no Hotel Montanhês.

Mais informações no site oficial do museu.

Outras Matérias