SouBH Notícias

Granizo, queda de árvores e raios: chuva forte causa estragos em BH

Várias ruas da capital e da região metropolitana foram interditadas e ficaram alagadas

Redação Sou BH - 06/12/18 as 19:39 - Atualizado em 06/12/18 as 22:24

chuva
Foto: Diego Marques

Depois da semana de calor, a chuva chegou com tudo na capital mineira no início da noite de quinta-feira (6). Choveu granizo em algumas regiões e foram registradas quedas de árvore, uma delas provocando um acidente grave.

Segundo a Defesa Civil, as pancadas de chuva aconteceram devido ao forte calor e alta umidade registrados durante toda a tarde. 

As regionais Centro-Sul e Oeste - principalmente a avenida Francisco Sá - estão em alerta, até ás 12h desta sexta, quanto a alta incidência de raios e rajadas de vento, além de enxurradas.

Também há risco de transbordamento de córregos na Pampulha (Ressaca, Coqueiros e Flor D'Água); Venda Nova (Brejo do Quaresma, Bezerra, Lagoinha, Florestal, Lagoa da Mota, Jaqueline, Capão, Piratininga, Ribeirão Vermelho, das avenidas Abolição, Joaquim Pereira e Liege) e regiões Oeste (Ferrugem) e Barreiro (Ribeirão Arrudas).

Queda de árvores

O Corpo de Bombeiros registrou quedas de árvores em vários pontos da cidade. A mais grave aconteceu na avenida Nossa Senhora do Carmo que teve todos os acessos fechados. 


Uma van escolar foi atingida por um raio, que também derrubou uma árvore. O motorista morreu. Os passageiros não ficaram feridos. O trânsito segue lento e cheio de retenções na região. 

Na rua Prata, no Cruzeiro, galhos e partes de um árvore também estavam pela pista, fechando um lado da passagem de carros. 


Antes do início do temporal, uma árvore já havia caído na avenida do Contorno, interditando a pista, próximo ao Pátio Savassi. Confira os detalhes aqui.

Falta de energia

Com o temporal e as quedas de árvores muitos semáforos foram apagados e vários bairros ficaram sem luz. Segundo a Cemig, equipes de reserva foram convocadas para trabalhar e já estão nas ruas.

Os bairros mais atingidos foram das regiões Centro-Sul, Noroeste, Oeste e Barreiro, mas também foram registradas ocorrências na região Nordeste.

A previsão é de que a situação seja normalizada ao longo da noite.

Recomendações

A Subsecretaria de Proteção e Defesa Civil recomenda evitar áreas de inundação e não trafegar em ruas sujeitas a alagamentos e próximos aos córregos e ribeirões no momento de chuva forte, pois o nível pode se alterar rapidamente, causando transbordamentos.

A Defesa Civil ainda adverte para que as pessoas não se abriguem debaixo de árvores ou estacionem veículos nesses locais, pois elas podem cair e causar acidentes graves. Atenção especial também em áreas de encostas e morros.

*Atualizado ás 22:22

Outras Matérias