Matérias

É Primavera! Conheça lugares na capital para apreciar a estação

As flores são atração principal em espaços de BH

Redação Sou BH - 26/09/18 as 10:22 - Atualizado em 27/09/18 as 09:54

Flores e plantas exuberantes e coloridas em BH
Foto: Suziane Fonseca/Arquivo PBH

Até o dia 21 de dezembro, a primavera colore a cidade com flores e árvores chamando a atenção dos visitantes. Por isso, o Sou BH e a BH Airport selecionaram opções tanto para turistas quanto para moradores que querem explorar ao máximo essa época e até levar um pouco da primavera pra casa. Confira!

Parque Municipal Américo Renné Giannetti

Conhecido apenas como Parque Municipal, ele é um dos “pulmões” do hipercentro de BH, com quase 300 espécies de árvores de todos os biomas brasileiros e de várias partes do mundo como figueiras, ipês e sapucaias. Na ala colorida, há 330 espécies como lírios, azaleias e bromélias. Um dos locais mais procurados é o orquidário, sede da Sociedade Orquidófila de Belo Horizonte (SOBH). São mais de 400 orquídeas das mais variadas cores, formas e tamanhos.


Foto: Lívia Ansaloni/PBH

Funcionamento do parque: terça a domingo, das 6h às 18h
Orquidário: quintas, a partir das 20h. Até 30 de setembro, das 9h às 16h, e domingo (30) das 6h às 18h

Endereço: avenida Afonso Pena, 1377

Parque Ecológico Francisco Lins do Rego

O Parque Ecológico da Pampulha, como é popularmente chamado, não é tão florido quanto o Parque Municipal, mas o gramado verdinho fica de encher os olhos nesta época do ano. O clima ameno também é propício para passear, fazer piquenique, andar de bicicleta ou apenas contemplar a paisagem. Vale aproveitar o passeio para conhecer (ou revisitar) o Conjunto Arquitetônico da Pampulha – Patrimônio Cultural da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco).


Foto: Suziane Fonseca/Arquivo PBH

Funcionamento: de terça a domingo e feriados, das 8h30 às 18h em setembro (19h em outubro)

Endereço: Avenida Otacílio Negrão de Lima, Portaria I, nº 6061 (Marco Zero), e Portaria II, nº 7111 (Toca da Raposa).

Jardim japonês

Um lugarzinho que dá vontade de emoldurar e levar para a casa. É essa a sensação de muitos que passam pelo cantinho oriental que fica dentro do zoológico de BH. A famosa cerejeira, um dos símbolos do Japão, e praticamente um personagem presente em vários animes, pode ser vista por lá. Mas há também pinheiro oriental, azaleia e bambu. O cenário é ornamentado com pontes de madeira, lanternas, lagos e cascatas.


Foto: Suziane Fonseca/Arquivo PBH

Funcionamento: quarta a domingo, das 9h às 12h e das 13h30 às 16h30

Endereço: Avenida Otacílio Negrão de Lima, 8000

Borboletário do zoológico

Um espaço de mil metros quadrados com mais de mil borboletas de 20 espécies diferentes. Sem dúvida entrar no borboletário do zoológico é extrair o máximo da experiência primaveril. Além do jardim, é possível conhecer o laboratório onde as borboletas se desenvolvem e o viveiro para a produção de plantas que servem de alimentos para os animais. Mas atenção: devido ao trabalho de combate à febre amarela, é preciso apresentar o comprovante de vacinação contra a doença para entrar no Zoo e em todas as atrações.


Foto: Suziane Fonseca/Arquivo PBH

Funcionamento: terça a domingo, das 9h às 11h e das 14h às 16h

Endereço: Avenida Otacílio Negrão de Lima, 8.000, Portaria I

Primavera em casa

Se, além de contemplar, você gosta de ter flores em casa e aproveitar a primavera em domicílio, BH tem ótimas feirinhas. O melhor delas é que, mais do que vender os produtos, os expositores explicam direitinho como acondicionar e cuidar das plantas; assim elas ficam lindas a estação inteira. Nossa dica é a feira de flores da avenida Carandaí, no bairro Santa Efigênia. Ela acontece todas as sextas-feiras, com opções para quem tem espaços grandes ou pequenos: samambaias gigantes ou árvores em miniatura. São oferecidos ainda orquídeas, lírios, violetas e margaridas para deixar a casa bem colorida!


Foto: Marcelo Machado/PBH

Funcionamento: sextas, das 8h às 18h

Endereço: Avenida Carandaí, entre rua Ceará e avenida Brasil

Flores e frutas!

Nem só de flores vive a primavera. Apesar de não ser a estação das frutas, a época é propícia para a safra de jabuticaba. A fartura nos pés pode ser saboreada em ocasiões como o tradicional Festival da Jabuticaba de Sabará, que neste ano acontece de 15 a 18 de novembro. Na 32ª edição, os fãs da fruta poderão saboreá-la em diversas versões: fresca, em licores, geleias, sorvetes, bebidas e molhos.


Foto: Divulgação/Festival da Jabuticaba de Sabará

Funcionamento: das 9h às 23h

Endereço: Praça Melo Viana, no centro de Sabará

Outras Matérias