Matérias

Colorindo BH! Grafite dá cara nova ao Morro das Pedras

Dágson Silva ficou conhecido por grafitar os telhados das casas da comunidade

Redação Sou BH - 15/09/16 as 15:41 - Atualizado em 15/09/16 as 15:56

Divulgação Dágson Silva
Grafites do artista mineiro pintam os telhados da comunidade Foto: Reprodução/Facebook

Os grafites já fazem parte do cenário da capital mineira. Nas paredes dos prédios, nos muros das casas, cada artista deixa sua marca em meio ao concreto. Quando Dágson Silva resolveu pintar os telhados das casas do Morro das Pedras, na Região Oeste de BH, possibilitou muito mais do que a difusão da arte de rua, ele iniciou uma importante discussão social. Com cerca de 100 obras, exposições pela capital e um trabalho de quase dez anos, Dágson se prepara para expor seu trabalho na França, em uma turnê de três meses pelo país.

O reconhecido trabalho nos telhados das casas da comunidade onde mora foi mais que uma forma de arte para Dágson. A ideia era criar um protesto contra o retrato que é constantemente feito em relação ao Morro das Pedras, sempre filmado de cima, focando o lado negativo da região. O artista também queria se desafiar, acostumado a pintar em telas e paredes, este trabalho permitiu uma maior imersão nas pinturas com dimensões muito maiores àquelas que estava habituado.

Para mostrar este outro lado de sua comunidade e contar uma história mais bonita sobre o bairro em que nasceu, o pintor conseguiu a ajuda dos próprios moradores, que cederam suas casas, deram ideias para as obras e participaram delas por meio de suas histórias de vida.

Com seu trabalho, Dágson foi capaz de aproximar as crianças do Morro das Pedras da arte. Realizando oficinas e projetos na comunidade, o artista influenciou os jovens, assim como as crianças participaram de suas obras. Em sua exposição “Retratos”, com trabalhos feitos entre 2010 e 2015, o aglomerado e seus moradores são o centro de sua inspiração.

Quando começou, em 2002, o artista foi cativado pela arte que via pela cidade. Unindo sua paixão pelo desenho ao movimento do grafite, Dágson começou a frequentar grupos de hip hop e aprender mais sobre a arte. Hoje, o esforço de anos foi reconhecido durante o concurso internacional de arte que participou no início deste ano, em que ganhou uma viagem para Lyon, na França.

Durante o intercâmbio de experiências, o pintor conheceu outros projetos como o que faz no Morro das Pedras, criando uma ponte entre a arte em Lyon e a que faz em BH. Além disso, Dágson vai participar de uma exposição na cidade, em novembro, divulgando seu trabalho para um dos maiores nichos artísticos do mundo.

Para conhecer mais o trabalho artístico e os projetos de Dágson Silva é só acessar sua página no Facebook.

Outras Matérias